OBJECTIVOS

 

Os objectivos da Escola de Guarda Redes do Sport Futebol Damaiense são:

 

Fomentar o interesse dos jovens pelo posto específico de guarda-redes;

Criar e gerar novos Treinadores de Guarda Redes

Proporcionar aos jovens guarda-redes, o contacto com os guarda-redes do futebol e partilha de experiências;

Adaptar o treino às diferentes etapas de aprendizagem;

Prospeção de talentos com potencial inato;

Dotar os guarda-redes com capacidades técnicas/táticas e psicológicas para um trabalho de sucesso na baliza;

Desenvolver os aspetos motores necessários para as exigências do jovem, no lugar de guarda-redes.

Criar e dinamizar ações especificas para o Guarda Redes (Dias especiais de formação)

 

 

    PATAMAR DE INICIAÇÃO 

 

 

Proporcionar uma boa relação com a bola;

Princípios básicos das técnicas de Guarda-Redes mais simples;

Formas lúdicas da aprendizagem (aprender brincando);

Combinação de tarefas analíticas com jogos recreativos (início do conhecimento do jogo)

Circuitos de técnicas base (gestos específicos e lateralidade);

 

Antes de mais convém definir o que é a lateralidade:

Lateralidade é a predisposição à utilização preferencial de um dos lados do corpo, em três níveis: mão, olho e pé. Segundo especialistas, a preferência pela utilização de um dos lados do corpo ocorre em razão da dominância de um dos hemisférios cerebrais. Os movimentos bilaterais envolvem o uso de ambos os lados de modo simultâneo e paralelo, como por exemplo pegar uma bola com as duas mãos, já os movimentos unilaterais envolvem o uso de apenas de um lado do corpo, como por exemplo bater a mão num alvo.

Logo é extremamente importante fazer trabalho de lateralidade com os nossos Guarda-Redes todos os treinos para que melhorem. Quanto mais “ricos” forem a nível motriz, mais opções, mais recursos terão para realizar uma mesma tarefa. Como o fazer? Mais repetições com o membro não dominante, para ganhar domínio e depois começar a aplicar força. Primeiro domínio do gesto, depois incremento de força, isso dará automatização necessária para que se sinta confiança.

 

Importância no jogo? É a diferença entre entregar num colega ou atirar para fora, entre conseguir jogar de 1ª ou ter de dar mais um toque porque foi para o pé/mão contrário, ganhamos velocidade de execução/reação pois “atacamos” a bola com qualquer um dos pés ou mão.

 

Se trabalharmos os nossos pequenos Guarda-Redes desde, com a repetição, automatização, confiança, quando chegam á idade de Juvenis ou Juniores tornam-se ambidextros e terão uma capacidade motriz de excelência. Em idades adultas também se consegue, leva mais tempo, mas com trabalho chegam lá, não podemos desistir só por eles dizerem que não conseguem…

 

PATAMAR DE APERFEIÇOAMENTO 

 

Desenvolvimento e aperfeiçoamento dos conteúdos técnicos de base;

Progressões das técnicas;

Desenvolvimento do conhecimento do jogo (aspetos táticos);

Exercícios de encadeamento de técnicas.

 

 

CONTEÚDOS TÉCNICOS

 

 

Receção da bola (Bloqueio ou encaixe);

Técnicas de desvio;

Posicionamento;

Lateralidade;

Regras de jogo;

Entre outros.

 

 

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

 

     

 

Métodos de treino inovadores e adaptados ao posto de Guarda-Redes;

Aprender e melhorar de forma progressiva as ações técnicas específicas de Guarda-Redes;

Adaptação do treino aos diferentes níveis de aprendizagem;

Análise sobre as necessidades de cada Guarda-Redes;

Grupos de treino (6 a 9 atletas).

Acompanhamento dos treinos em conjunto com a equipe (Apoio, Orientação e correção)